O UNIVERSO DA ANÁLISE:

Os veículos de Mídia para análise foram selecionados pelos acadêmicos de forma aleatória e representam geograficamente veículos inseridos nos locais de residência dos alunos, bem como, espaços de leitura cotidiana

quinta-feira, 24 de junho de 2010

DICA DO DIA

Por: Janaína Moura

Um tipo muito comum de colunismo é a Coluna Social, que consiste em reunir informações, (nem sempre notícias), sobre personalidades famosas na sociedade de uma cidade, região ou país. Colunistas sociais trabalham "caçando" notas sobre artistas, celebridades, milionários, figuras excêntricas, autoridades e outras pessoas. Este tipo de trabalho é muitas vezes criticado por borrar o limite entre o jornalismo e a boataria. Nos últimos tempos, este tipo específico e seleto de informação, converteu-se num verdadeiro gráfico demonstrativo dos hábitos e costumes de uma sociedade. E, não seria nenhuma presunção afirmar, que a Coluna Social é hoje em dia um verdadeiro termômetro com o qual se mede o grau e o direcionamento de uma sociedade no seu dia-a dia.

Esta realidade de “ser” um colunista social até serviria aqui em Concórdia. Se não fosse a coluna do Luís Longhini. O colunista social mais conhecido acredito pela cidade inteira, pelo espaço alcançado no jornal Diário do Oeste. Longhini como é conhecido popularmente, trás diariamente fotos de pessoas socialmente “reconhecidas” pela cidade, todos os dias no jornal. Mas ai que está o porém. Fotos estas que trazem por muitas vezes, as mesmas pessoas, os mesmos elogios, os mesmos adjetivos e os mesmos erros de português.

Nada tenho contra ele, pelo contrário, o admiro e lhe tenho certa simpatia. Mas para desenvolver uma coluna social, não se deve esquecer do que se estuda em jornalismo. E nem pensar que coluna social é apenas fotos, mas sim um dos maiores propósitos que levam as pessoas a comprarem um jornal na banca. E para muitos, é o ponto principal a ser lido, (Que pena). Têm que tomar mais cuidado com os detalhes, todos estão ligados nisso e todos sempre procuram eles (os detalhes) para poder achar defeitos em alguma coisa que você faça bem, ou pelo menos imagine que faça bem. Fica a dica!

DICA DO DIA

Por: Janaína Moura

Um tipo muito comum de colunismo é a Coluna Social, que consiste em reunir informações, (nem sempre notícias), sobre personalidades famosas na sociedade de uma cidade, região ou país. Colunistas sociais trabalham "caçando" notas sobre artistas, celebridades, milionários, figuras excêntricas, autoridades e outras pessoas. Este tipo de trabalho é muitas vezes criticado por borrar o limite entre o jornalismo e a boataria. Nos últimos tempos, este tipo específico e seleto de informação, converteu-se num verdadeiro gráfico demonstrativo dos hábitos e costumes de uma sociedade. E, não seria nenhuma presunção afirmar, que a Coluna Social é hoje em dia um verdadeiro termômetro com o qual se mede o grau e o direcionamento de uma sociedade no seu dia-a dia.

Esta realidade de “ser” um colunista social até serviria aqui em Concórdia. Se não fosse a coluna do Luís Longhini. O colunista social mais conhecido acredito pela cidade inteira, pelo espaço alcançado no jornal Diário do Oeste. Longhini como é conhecido popularmente, trás diariamente fotos de pessoas socialmente “reconhecidas” pela cidade, todos os dias no jornal. Mas ai que está o porém. Fotos estas que trazem por muitas vezes, as mesmas pessoas, os mesmos elogios, os mesmos adjetivos e os mesmos erros de português.

Nada tenho contra ele, pelo contrário, o admiro e lhe tenho certa simpatia. Mas para desenvolver uma coluna social, não se deve esquecer do que se estuda em jornalismo. E nem pensar que coluna social é apenas fotos, mas sim um dos maiores propósitos que levam as pessoas a comprarem um jornal na banca. E para muitos, é o ponto principal a ser lido, (Que pena). Têm que tomar mais cuidado com os detalhes, todos estão ligados nisso e todos sempre procuram eles (os detalhes) para poder achar defeitos em alguma coisa que você faça bem, ou pelo menos imagine que faça bem. Fica a dica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário